Buscar

Fisioterapia em 2035


Bom dia amigos e colegas Fisioterapeutas,


Hoje é segunda-feira, 01 de janeiro de 2035. Desejo a todos os colegas Fisioterapeutas um ano repleto de boas energias, bons atendimentos, prosperidade e ótimos resultados.

Presenciamos nos últimos anos uma mudança muito importante para a Fisioterapia no mundo, especialmente no Brasil:

No campo científico, mais pesquisas contribuíram para confirmar as melhores práticas e intervenções baseadas em uma avaliação criteriosa e com muito raciocínio clínico. As faculdades, associações de classe e científicas, os conselhos estaduais e federal, as operadoras de saúde, os hospitais, as clínicas de fisioterapia fizeram uma grande mobilização junto a opinião pública para dar luz e divulgar o que a ciência comprova e recomenda e o que não tem nenhum embasamento científico nas intervenções Fisioterápicas. A imprensa divulgou bem o movimento, que alcançou o objetivo e informou bem a população, que mais consciente, ficou mais criteriosa na escolha dos serviços de Fisioterapia.

No campo da valorização profissional, houve uma grande evolução também. Ficou mais claro para a população que o atendimento fisioterápico recebido em uma fase aguda deve ser sempre individualizado, o que que aumenta claramente a qualidade do mesmo e a resolutividade da intervenção. Com a pressão dos clientes por um serviço com mais qualidade, e também refazendo as contas, as operadoras de saúde perceberam que é mais barato pagar melhor o Fisioterapeuta e exigir dele um trabalho individualizado, o que, como consequência, reduz drasticamente a duração do tratamento e seu custo total, inclusive com grande impacto na redução de cirurgias e internação em hospitais.

No campo do empreendedorismo (tinha que ter este, né? Rs), as faculdades perceberam que não bastava mais apenas formar um Fisioterapeuta, que era fundamental que ele fosse bem preparado para atuar em um mercado altamente competitivo, inovador e acelerado. Houve uma grande ruptura do modelo de ensino das faculdades, que antes preparavam o Fisioterapeuta para ter um emprego, e agora preparam ele para construir sua carreira e se adaptar as novas demandas do mercado. Hoje o Fisioterapeuta entende que não pode “brincar” de ser empresário, que deve buscar cada vez mais competências e habilidades gerenciais para conduzir sua carreira e seu negócio.

Voltando para 2018, acharam muito distante da realidade? O que você faz para construir um caminho melhor e contribuir para nossa profissão evoluir? Lembre: Daqui um ano vai ser muito bom ter começado hoje a mudar seu futuro.


Sucesso e ótimos negócios

Abraços,


Bernardo Chalfun

CEO Fisioconsult – Soluções de Gestão em Fisioterapia

�G

208 visualizações

FISIOCONSULT - Rua Cícero Ferreira, 95 - Funcionários, Belo Horizonte - MG, 30220-040, Telefone: 31 99968-8640

© 2018 Site desenvolvido por Vetta