Buscar

FISIOTERAPIA DOMICILIAR É UM BOM NEGÓCIO?


Olá Fisioterapeutas empreendedores. O tema desta semana é sobre Fisioterapia domiciliar, visto que muitos colegas oferecem este serviço aos seus pacientes.


Vejo no mercado uma grande parcela dos fisioterapeutas oferecendo atendimento a domicílio em diversas áreas diferentes da Fisioterapia. Arriscaria a dizer que quase todo Fisioterapeuta formado já atendeu, ao menos uma vez, um paciente em sua residência.

Como sempre, nosso olhar na Fisioconsult é focado no negócio, na carreira, na valorização da nossa profissão. Independentemente de prestar o serviço a domicílio como autônomo ou montar uma empresa (tema de outro texto, rs), a modalidade de Fisioterapia domiciliar pode ser uma excelente escolha, se for bem gerenciada e planejada.


Um dos pontos mais polêmicos e com grande distorção no mercado é em relação aos valores cobrados no atendimento domiciliar. Muitos recém-formados oferecem estes serviços com valores bem reduzidos e acabam criando uma guerra de preços no mercado que não deveria existir. Muitos se justificam, equivocadamente, com a seguinte afirmativa:

“Nos atendimentos domiciliares não tenho os mesmos custos de uma clínica. São bem mais baixos, logo é uma ótima estratégia cobrar valores menores.”


Discordo completamente da frase acima, pois o maior custo de qualquer atendimento na Fisioterapia é (pelo menos deveria ser) o tempo do Fisioterapeuta que está atendendo. Sendo assim, em um atendimento domiciliar, o tempo de deslocamento para ir e voltar do endereço do paciente deve ser computado e levado em conta em sua precificação. O próprio Coffito recomenda praticar valores mais altos nos atendimentos domiciliares (50% a mais que os praticados na clínica).


Pensamentos como o colocado em aspas acima no texto são reflexos da baixa estima e pouca valorização profissional, onde o colega enxerga custos como gasolina, equipamentos e publicidade como mais importantes que o próprio valor de sua hora.


Ou seja, um dos pontos mais importantes para que a Fisioterapia a domicilio seja um bom negócio é a sua precificação, agregando valor a hora do Fisioterapeuta. Outros pontos importantes: Ter uma marca bem construída, utilizar bem (e dentro do código de ética) as redes sociais e google, usar bem a identidade visual quando necessário (papelaria, jaleco, caneta, prescrições.) Fazer um planejamento da logística do atendimento para encurtar as distancias entre os atendimentos dos pacientes, e, claro, executar sempre uma boa avaliação para alcançar os melhores resultados com os pacientes.


Mesmo trabalhando sozinho e concentrando suas ações nos atendimentos domiciliares, comporte-se como se estivesse a frente de uma grande empresa, oferecendo qualidade e sendo profissional em todos os detalhes.


Sucesso e bons Negócios!


Por: Bernardo Chalfun

Graduado em Fisioterapia pela Universidade Federal de Minas Gerais, pós-graduado em Gestão de Negócios pelo IBMEC e mestre em Administração pela FEAD.

0 visualização

FISIOCONSULT - Rua Cícero Ferreira, 95 - Funcionários, Belo Horizonte - MG, 30220-040, Telefone: 31 99968-8640

© 2018 Site desenvolvido por Vetta