Buscar

Fisioterapeuta Recém-Formado: Como conquistar seu espaço?



A proximidade da formatura em qualquer área traz uma mistura de sentimentos e sensações aos futuros profissionais: felicidade e alívio por finalizar uma importante etapa da vida e também ansiedade e aflição para ingressar e se consolidar no mercado de trabalho.


Na Fisioterapia os colegas passam por situações bem semelhantes as do mercado explanadas acima, e com uma dose a mais de tempero: na área da saúde as oportunidades estão muito ligadas a confiança, que é construída com ao longo da caminhada profissional. Ou seja, normalmente, a carreira do Fisioterapeuta é construída com o tempo, se solidificando aos poucos.


Muitos podem ter respirado fundo ao ler a frase acima, imaginando: “Estamos em uma nova era da comunicação e relacionamento, com novas ferramentas de marketing e divulgação, o que conta a favor de alavancar a carreira em um tempo menor que no passado. Concordo integralmente com este raciocínio, mas, mesmo conseguindo acelerar a evolução da carreira, ela SEMPRE será dependente, no caso da saúde e especialmente na Fisioterapia, do valor agregado que o profissional conseguirá incorporar em seu atendimento.


Como colocado em outros textos, o Fisioterapeuta que consegue ter uma carreira estável e sólida, é aquele que entrega qualidade ao seu cliente, que é visto como uma referência, que (usando termos de marketing digital) é uma autoridade em determinado assunto. Desta forma, ele irá conseguir elevar os ganhos por hora de seu atendimento e terá um retorno cada vez melhor da profissão.


Em resumo, o Fisioterapeuta deve trabalhar para gerar bons resultados aos seus pacientes e também para ser conhecido e reconhecido como um profissional referência na sua área de atuação. E claro, usando (de forma ética) todas as ferramentas disponíveis no mercado do marketing digital.


Contraditoriamente ao escrito e explanado, muitos colegas recém-formados em Fisioterapia se sentem perdidos no início da caminhada profissional e, pressionados para ter um retorno financeiro, escolhem trabalhos que não contribuem para a construção de sua autoridade, e não entregam os melhores resultados ao paciente. Sei que nem sempre aparecem boas oportunidades, mas considero possível construí-las e empreender em causa própria.


Tenho inúmeros cases de colegas que, na época que eram recém-formados, fizeram um bom trabalho de construção de autoridade e conseguiram progredir na carreira. Usaram muito bem as redes sociais, fizeram cursos coerentes com seus objetivos (muitos, infelizmente fazem cursos de forma aleatória, sem nenhum sentido ou rumo), apostaram na qualidade, recusaram trabalhos que denegrissem a Fisioterapia ou reduzisse a qualidade dos atendimentos (como atender vários ao mesmo tempo, como por exemplo: deixar vários pacientes em Boxes de eletroterapia para ganhar no volume). Ou seja, aos poucos, conseguiram transmitir as pessoas a sua volta, que, apesar de recém-formados, tinham conteúdo e conseguiam entregar bons resultados. Que estavam sempre se atualizando e conectados com outros bons profissionais. Outro ponto que percebo nestes cases de sucesso é a conexão estratégica com colegas. Utilizam os cursos, pós graduações, eventos, congressos e simpósios para, além de aprender: conhecer pessoas e estabelecer relacionamentos.


Novamente resumindo, não tem uma fórmula mágica para alcançar sucesso e alavancar na carreira, mas, mesmo sendo recém-formados na Fisioterapia, existem formas e possibilidades de construir um caminho mais claro e com mais retorno profissional.


Sucesso e bons negócios

Bernardo Chalfun

CEO Fisioconsult

0 visualização

FISIOCONSULT - Rua Cícero Ferreira, 95 - Funcionários, Belo Horizonte - MG, 30220-040, Telefone: 31 99968-8640

© 2018 Site desenvolvido por Vetta