Buscar

Diversificação ou Foco na Fisioterapia?


A cada dia a área da Fisioterapia se expande e encontra novos mercados e oportunidades. Na economia tem uma máxima que recomenda ao investidor diversificar seus investimentos para reduzir riscos e otimizar o retorno. Em contrapartida, pensando em uma carreira, o foco profissional é fundamental para construção de autoridade clínica e maior reconhecimento pelos clientes e contatos profissionais.

Até que ponto a diversificação pode afetar o foco profissional? Por exemplo: Será que é uma boa estratégia atuar em duas áreas da Fisioterapia: Respiratório e esportiva? Acho bem difícil um Fisioterapeuta conseguir realmente aprofundar seus conhecimentos e se destacar atuando em mais áreas. A cada dia que passa saem mais artigos, mais pesquisas... Analisando por outro ângulo, marketing digital bem feito “exige” a criação de conteúdos em diversas mídias e redes sociais, o que aumentaria a dificuldade de criar bons conteúdos ao ter mais áreas de atuação. Ou seja, quando penso na carreira individual do Fisioterapeuta, a diversificação deveria ser pensada com muita cautela e estratégia. Exemplos interessantes de diversificação de atuação: Ser concursado e ter um consultório ou clínica; atuar na docência e na clínica...

Porém, quando pensamos na diversificação dos serviços oferecidos por sua clínica ou consultório, um universo maior de possibilidades podem ser abrir. Com uma equipe qualificada seria possível oferecer mais serviços e soluções mais completas aos pacientes, aumentando a possibilidade de vendas (mais clientes) e também agregando mais valor por venda (um mesmo cliente passa a consumir mais). Ainda assim, apesar de ser mais coerente e favorável, lembro que, mesmo diversificando, não pode perder muito o foco do propósito da empresa. Pois se abrir demais o leque de opções, a empresa pode perder o controle e reduzir suas vendas de seu negócio principal. Por exemplo: Clinicas que tem o “carro chefe” no serviço de pilates, podem perder o foco ao concentrar seu esforço (financeiro e de tempo) na venda de produtos, como roupas. Deve sempre ser pensado a relação de esforço e retorno ao pensar em diversificar em sua empresa.

Resumindo, não existe (mais uma vez, rs) receita de bolo. A diversificação é uma ótima forma de aumentar receitas e reduzir riscos, mas deve ser bem planejada e pensada de forma estratégica, para não retirar seu foco de sua carreira e do propósito do negócio.

Sucesso e ótimos negócios

Abraços,

Bernardo Chalfun

CEO Fisioconsult – Soluções de Gestão em Fisioterapia

107 visualizações

FISIOCONSULT - Rua Cícero Ferreira, 95 - Funcionários, Belo Horizonte - MG, 30220-040, Telefone: 31 99968-8640

© 2018 Site desenvolvido por Vetta